quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Episódios do Metro

Aquele momento em que toca um telemóvel no volume máximo, quem atende é um senhor meia idade e o toque é.... The Dancing Queen.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Episódios do Metro

Parecendo que não, é bastante perturbador ver uma criança cheia de dentes e desenvolto na conversa agarrado à mama da mãe a lambusar-se.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Vidas...

Estou no metro a caminho do trabalho. À minha frente está um casal de turistas. Parecem nós no comboio para Verona. Que saudades...

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Joana, a mandar bitaites sem real conhecimento de causa.

Estou sentada num café, onde ao lado está uma criança a chorar por não querer comer e a mãe a inisistir. Digo eu, que com a aquele tom raivoso e revoltado da mãe nunca a criança vai comer, e vai continuar a chorar. Há um certo tom que eu espero nunca usar com os meus filhos, mas sei lá se no despero me vai sair, mas eu não queria, é muito feio.
Ah e se possivel também vou tentar não usar palavrões é que isso então é do pior.Dá dó.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Dear future me...

Conhecem o conceito? Caso não conheçam aqui está o site e para mim vale muito a pena.



Ontem foi dia de aniversário e de receber mensagem do passado.
Desejos feitos em 2010:

Dear FutureMe,
Espero sinceramente nesta altura estar com outras funções, ou noutro emprego. Caso isto não se verifique quando eu receber este mail eu mando td ao ar. (Esta parte vá, não está grande coisa...)
Em relação á parte pessoal espero que esteja feliz e completa. espero ter a minha casa , e o meu cão, se for possivel a minha pessoa e o meu olho curado. ( A parte do olho curado era bastante ambiciosa mas o resto...Check)
Espero tb ter as minhas pessoas todas vivas. ( Check)


Acho que mesmo estando desempregada o balanço é positivo.




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Ora então cá estamos...

Por aqui tudo na mesma e por aí, novidades?

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Jukebox



Na 1ª vez não me disse nada e agora soa tãoooooo bem

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

As Eleições

Não percebo como é que as pessoas dizem mal, fazem manifestações, insultam os políticos (assumidamente) corruptos e depois vai-se a ver estão lá a por a cruzinha no dia de eleições. Chateia-me muito mesmo mas pronto. Ganhou o Phil Dunphy no Porto e isso foi bom, gosto dele e gostei do discurso. O mesmo já não posso dizer da candidata do PS aqui da terra, que num discurso dor de corno disse que os "poveiros não se identificavam com os ideais dela tais como a honestidade, seriedade etc", e que "a democracia tem destas coisas", coitada tem mau perder.
Pior que as eleições só mesmo a Casa dos Segredos, cada concorrente escolhido a dedo, aquilo promete taaaaanto.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

domingo, 1 de setembro de 2013

Vidas...

E vai ser a primeira vez que vou ter de apagar um número de telemóvel da minha agenda por ele ter deixado de estar atribuído.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Gosto

http://www.carrosselmag.com/a-viagem-da-minha-vida/

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Globos de Ouro - A mais elegante

Adoro o pormenor da meia elástica.

Globos de Ouro


Toda a gente percebe que com o avançar da idade as maminhas vão ficando mais caídas mas é escusado usar um vestido com um decote na cintura.


Say Yes To The Dress, em versão boa


 Made in (bad) China
 Que a irmã do Cristiano se arranja mal todos sabemos, nem vou bater mais no ceguinho. O que me chamou à atenção foi a tatuagem que tem no inicio das costas que diz qualquer coisa como " È difícil esquecer-te pai". Hummm...era suposto esquecer? Acho que ela pegou naquelas frases feitas de fim de namoro e meteu lá a palavra pai. Terrorífico
.
 

Horrível! Cor, cara, cabelo, tudo.


Este ano estava perfeita.


Say Yes To The Dress, em versão má.


Perfeitinha

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Desculpem a ausência...

Olá! Não morri, nem fiquei sem mãozinhas. Mas fiquei entretanto sem emprego. É verdade. Estou desempregada, e até agora a parte que mais custa é realmente ter que me apresentar em algumas situações como desempregada. Eu bem sei que somos uns milhares, mas dizer que estou desempregada parece que estou a dizer que sou imprestável, soa mal.
Continuando, não me dei à depressão pelo menos por enquanto apesar de algumas situações nos atirarem exactamente para isso.
Vamos começar, quando fui tratar dos papeis para receber o sub. de desemprego ninguém me garantiu ( eu já tinha lido na lei mas queria ouvir da boca dos senhores da segurança social) quanto é que ia receber, já que parte do meu vencimento era em forma de prémio, tudo direitinho e com descontos mas um prémio à mesma. Ninguém dá a certeza de NADA. Por exemplo, está na lei que se eu abrir actividade a receber um valor inferior ao meu subsidio, a segurança social paga-me a diferença, no entanto se vocês forem lá perguntar eles dizem que quem recebe sub. desemprego não pode trabalhar por recibos verdes ou então mais um vez dizem algo do género "não convém" que só os faz parecer incompetentes. Por muito que me custe dizer isto, é o país que temos.
Entretanto já fui a uma espécie de entrevista para supostamente aprofundar as informações que estão no meu currículo pois....afinal era só para me sacar informação sobre os comerciais da minha antiga empresa.
Na semana passada também fui à entrevista colectiva da BIMBY e digo-vos que aquilo não é nada mau, as comissões são muitos jeitosinhas. Mas tenho que ser sincera, havia gente naquela sala que estava bem mais motivada para aquilo do que eu, em alguns casos eu nem diria que aquilo era motivação, era mais assim uma espécie de loucura. Não segui coma  formação.
Em Junho vou começar a frequentar uma formação que espero ser bastante proveitosa, pelo menos esforcei-me para encontrar alguma que realmente valesse a pena. Formações financiadas existem muitas, mas temas realmente interessantes é complicado de arranjar.
Vou passar à frente a "entrevista" para ser vendedora da ZON, e a proposta que me fizeram e depois me retiraram para trabalhar no Verão.
Amanhã vou aquelas reuniões de manhã com vários empresários(BNI), vamos lá ver como será aquilo já estive a ler algumas opiniões na net e fiquei com a ideia que me vou meter numa espécie de seita mas pronto é mais uma experiência.
E cá estão as actualizações todas feitas. 
Não vou dizer que é a situação ideal mas dentro do mal sempre vai dando para passear e conhecer coisas novas, e se há coisa que eu gosto é de novidades. 

quinta-feira, 28 de março de 2013

quinta-feira, 21 de março de 2013

quinta-feira, 14 de março de 2013

Vidas...

Se há altura em que estou perdida nesta vida é esta. A minha vida pessoal corre muito bem graças ao senhor. Mas como isto não é um mar de rosas o outro lado,o de realização e afirmação profissional está na rua da amargura. Não tenho certeza de nada, nem do quero fazer, nem do que gosto de fazer. E depois há o dinheiro e o tempo esse grave entrave a qualquer formação à maneira que queira fazer.
Toda a gente diz que não se pode ficar estática à espera que as coisas aconteçam, e isso sei eu, mas não era mau aparecer uma luz divina só para me apontar o caminho como nos jogos de carros. Eu juro que fazia o resto, corria atrás e trabalhava mais que toda a gente, mas p´la amor da santa uma luzinha vá lá. 
O meu trabalho tem os dias contados, não vou saltar fora porque o ordenado é bom e enquanto puder sacar mais algum melhor, mais fica do lado de cá. Mas há que pensar em hipóteses. Certezas actualmente não tenho muitas, basicamente as minhas certezas passam pelo facto de eu não gostar do que faço agora e saber que não é por isto que passa a minha vida. Também acho que sou mais sedenta de criatividade do que alguma vez pensei. Gosto de ter contacto com as pessoas e gosto de ver as minhas ideias espelhadas no meu trabalho. Isso eu sei. Agora mais do que isto, está difícil. Eu tento afastar a ideia que não sou especialmente dotada para nada, porque tenho medo de começar a acreditar nisso.
Pronto e é assim que vai a minha vida, espero que chegue rápido a altura de arriscar, a altura de me encostar(em) à parede. Porque outra coisa que eu sei sobre mim é exactamente essa, eu tomo as decisões normalmente acertadas sempre com alguma (bastante) precipitação a comprovar isso temos  algumas viagens, o meu carro e a minha casa, foi sempre qualquer coisa do género " Olha aluguei uma casa!", " Ontem não vi nenhum que gostasse, mas hoje já comprei o carro!". 
Enquanto isso não acontece vamos aguardar...

quarta-feira, 13 de março de 2013

sexta-feira, 8 de março de 2013

Comezainas

Amanhã vou fazer a minha primeira feijoada.
Dicas?

quinta-feira, 7 de março de 2013

Ai Portugal, Portugal

É uma tristeza trabalhar até não saber quando. É uma tristeza ver pessoas tão novas a envelhecerem 5 anos por semana. É uma tristeza a incerteza da remuneração. É uma tristeza o estado deste país. É uma tristeza não saber bem para onde é que nos havemos de virar. É tudo muito triste, mesmo.

E então como vai isso?


Entre a maratona de dias cinzentos e chuvosos que parecem não ter fim, os bébés que toda a gente resolveu fazer, as delícias do meu Xis, a gula que se abateu sobre mim, a marasmo que é o trabalho, é assim que vai a minha vida.



quarta-feira, 6 de março de 2013

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013




Gosto de pessoas assim, que assumem aquilo que são sem o menor pudor. Hoje foi a vez do meu chefe se abrir ao mundo. Hoje afirmou com toda a pompa e circunstância que era *alcoólico.






* é difícil dizer workaholic quando não se sabe falar inglês

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Dúvidas existenciais


Porquê que as nossas famosas insistem na Micaela Oliveira, porquê?





O Carlos que nesta altura já será a Carla e eu nem sabia...



Não sei se ria, se chore, se trema de medo, se fique confusa, se o acho bonita...

Já vos disse que vou ser tia, certo? III





terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Agora só falta convencer alguém...



Viagem : 55 euros ida e volta

Três dias de mochila, tenda, pó, rio, dança, sol, Alentejo, canecas e cerveja fresquinha.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Cenas...



Este tipo de coisas incomodam-me. Será que esta senhora sabe as esperanças e o impacto que esta publicação tem em certas pessoas?

Diário de uma sem tecto visgolha

Tenho conjuntivite. E talvez a tenha apanhado de um cão.

Agora todo o cuidado é pouco, talvez amanhã apanhe com um piano na cabeça enquanto ando na rua.