segunda-feira, 8 de março de 2010

O Casamento

Como ainda sou mocinha e não entrei naquela idade em que amigos e conhecidos começam a ouvir o Tic Tac e desatam a correr a casar, passo muito tempo sem ir a casamentos.
A casamentos de primos afastados já não vou e como as minhas amigas não estão para aí viradas resta-me acompanhar o meu namorado que começa a ter alguns convites, já que o Tic Tac dele está mais próximo.
Este casamento não foi igual aos outros. Não vou falar no espaço que era realmente maravilhoso, nem na decoração, nem no vestido da noiva vou apenas dizer que foi um casamento á maneira.
Foi um casamento inteiramente pensado pelos noivos, foi para eles e para quem gosta deles.
Foi uma escolha de música perfeita, e digo perfeita porque nunca mais a vou dissociar da entrada na noiva.
Todas as leituras tiveram significado, todos as intervenções durante a missa foram pertinentes e a homilia do padre foi apenas uma tentiva de explicação do salmo escolhido pelos noivos.
Os votos foram qualquer coisa de bonito, como disse o padre eles não precisavam de textos pré feitos eles já eram pessoas grandes e conseguiam-no fazer sozinhos.
Mas o que me comove nos casamentos é sem sombra de dúvida o momento em que os noivos partem o bolo, isto porque é a altura em que se junta a familia toda, e essa parte dá cabo de mim, ver as pessoas tão felizes comove-me bastante.
Porque um casamento é uma festa, é presenciar o nascimento de uma nova familia , é assistir a uns dos dias mais felizes da vida de alguém adorei estar lá a ver isto tudo de perto.

3 comentários:

marta. disse...

já não me lembro que vá a um casamento :/

Tahiana Andrade disse...

Olá... passeando pela net e procurando bons blogs acabei passando por aqui. Amei! Ler o que você escreve é, no mínimo, aconchegante, divertido e interessante!

O último casamento a que fui foi o meu, há 3 meses atrás. Acho que foi o mais lindo casamento que já vi... queria casar de novo, com a mesma pessoa, claro. Só pra ter o prazer de reviver toda aquela felicidade!

A propósito, qual idade você considera a do tic-tac pra correr atrás de casamento? Eu me casei aos 22!

Beijos

JU disse...

Normalmente eu considero que o Tic Tac começa a partir dos 27 anos, obviamente que há excepçoes. E ainda bem :)